Crescimento Morte x Vida Discipulado On-line Otimismo
sexta-feira, junho 24, 2011

Domingo da Igreja Perseguida - Pregação (esboço)


Palavras chave: Doutrina, Comunhão e Oração.
Atos 2:42-47
42 - E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
43 - E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.
44 - E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.
45 - E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.
46 - E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,
47 - Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

A igreja moderna tem se preocupado muito com toda a pompa de bens materiais para o templo, para os grupos e para si mesmo. Temos nos preocupado com muito, porque afinal, somos filhos do Rei, temos que ter o melhor.

E então nos voltamos para dentro de nós mesmos, e nos importamos com o nosso bem. Chegamos a Deus apenas quando temos uma necessidade. Fazemos Deus de serviçal, um mero prestador de serviços. Buscamos a Ele somente quando queremos os serviços dele, queremos apenas suas mãos.

Quando Jesus nos ensinou o contrário! O Mestre nos ensinou a nos importar com o seu próximo como a ti mesmo. A igreja no geral tem sido narcisista, olhando para o que está mais próximo dela, seu reflexo no espelho!

Para uma igreja crescer, é necessário se cumprir alguns itens básicos do cristianismo. A igreja primitiva crescia pois havia a dedicação ao ensino dos apóstolos, havia a perseverança em praticar o que os apóstolos ensinavam, havia comunhão e perseverança nas orações.

Aí estão pontos muito importantes para uma igreja crescer!

"Dividir para conquistar", uma tática de guerra utilizada por Júlio César há muito tempo atrás. Tem sido essa também a tática do diabo pra impedir o crescimento da igreja. Quantas discussões sem sentido tem acontecido dentro da igreja e não percebemos... Como por exemplo, porquê não me chamaram pra cantar, meu grupo só cantou uma música, quem canta ou toca melhor e por aí vai...

E a verdadeira comunhão, onde fica? Quantas igrejas existem dentro de uma mesma igreja! E não estou me referindo a congregações ou denominações, mas sim a panelinhas dentro de uma mesma congregação...

E o que temos vivido? Nossas vidas tem sido regidas por nossas vontades ou pela vontade de Deus? Qual tem sido o alvo de nossas orações? Será que somos tão egoístas? Nos preocupamos apenas com o espelho? Será que nos preocupamos com o que Deus se preocupa? Temos orado só pelo que nos apraz? Só pelo que nos fará bem? Um emprego melhor, uma boa condição financeira, roupas boas, uma guitarra, aula de música, cursos profissionalizantes, e mais coisas para o meu bem, para o meu favor.

Mas onde ficam os perdidos, onde ficam aqueles por quem Jesus morreu, além de você? Onde estão aqueles que não podem apenas falar o nome de Jesus em voz alta pois correm risco de vida apenas por esse ato, quanto mais a confessar que é cristão...

Como estamos?

Pense na eternidade e deixe de lado seus sentimentos, seus bens, seu orgulho, seu ego, sua vida! O verdadeiro discípulo segue o seu mestre. E nosso mestre Jesus se entregou a morte, por amor, assim como eu tenho que me entregar por amor, amor ao Reino que não é desse mundo e à vontade do Rei.

Temos que parar de nos importar com nossas vidas tão pequenas e vazias para olhar para o Reino, que não é desse mundo, como Jesus dizia, a eternidade. Pois quem achar a sua vida, perdê-la-á, mas quem perder a sua vida por amor a Cristo, achá-la-á (Mt 10:39).
[ Read More ]
quarta-feira, junho 08, 2011

Cristianismo?


Às vezes fico me perguntando e até sou confrontado com o tipo de vida cristã eu levo.
Meu papel como igreja é mostrar ao mundo que existe um Deus amoroso, bondoso, misericordioso e
que quer o bem para todos, tanto que entregou seu filho pra morrer em nosso lugar.

Mas como tenho vivido, qual tipo de cristianismo tem me conduzido? Quando falo, o que sai da minha boca? Tenho proferido palavras que vêm do trono de Deus? O meu falar tem me denunciado, como denunciou a Pedro (Mt. 26:73)?

Sabe existem pessoas no mundo inteiro sendo ameaçados por ser Cristãos, e mesmo assim não abandonam a causa de Jesus, continuam firmes e com fé no Senhor! Buscam uma vida de consagração ao Senhor para que suas vidas sejam o reflexo da pregação de Jesus, para que as outras pessoas vejam a diferença na vida delas.

E por isso me confronto, qual o nível de relacionamento com Jesus eu tenho tido? Será que tem sido o suficiente? Eu tenho me parecido com o Senhor Jesus Cristo?

Num testemunho ao Portas Abertas, Hannah, uma jovem de 23 anos foi entrevistada e pude perceber muito de Cristo nela e nas suas palavras, sabe em cada resposta era como se eu estivesse lendo versículos da bíblia! E o mais interessante é que ela vive no Paquistão, um país Islâmico e que garante na constituição do País essa religião (Islã). E ser cristão num país desse é muito difícil, correndo riscos de vida até...

E como eu num país livre, não consigo me parecer tanto com Cristo quanto ela (Hannah), num País perseguido?

Esse é um caso para ser revisto, se arrepender e se consertar...

Pense, Ore e Pratique a Palavra de Deus!
[ Read More ]
 
 

Compartilhe

Quem sou eu

Minha foto
Formado em Design Gráfico e Web, resido em Jacarepaguá.